quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Revista Espírita de Umbanda (pedaços da história)

(Edição 01)
AS RAÍZES DA UMBANDA
A Umbanda não é dissensão católica,tampouco subramo do candomblé ou do Kardecismo é religião que tem suas raízes no ancestral do ídigina brasileiro,que adotou algumas nomenclaturas afriacana para alguns elementos do culto (oferenda,comidas,danças folcloricas)e os Orixás do culto nagôyoruba.Do catolicismo,adotou a figura de Cristo como mentor maior da religião e alguguns santos sicratizados com os Orixás africanos.Também recebeu influência posterior do Catimbó(ritual que mistura culto indígena com feitiçaria europeia,elementos do catolicismo e espiritismo).Essa mistura tão própria que lhe valeu a denominaçãode "A Religião Brasileira".
É uma doutrina espiritltanteualista como o Espiritismo,o Catolicismo,o Protestantismo,o Judaísmo,e o Esoterismo,etc..,havendo enter elas diferenças essecias  que lhe daria características próprias.É resultante natural do branco do índio e do negro.Sua anunciação se deu quando  incorporação do Caboclo das Sete Encruzilhadas no médium ZÉLIO FERNANDINO DE MORAES,em 15 de novenbro 1908.


 
A Fundação do Culto
data: 15 novembro de 1908
médium:ZÉLIO  FERNANDINO MORAES,aos 17 anos de idade
Patrono:Caboclo Das Setes Encruzilhadas
local: Federação Espírita de Neterói
   





Local do novo Culto 
data: 16 de novembro  
Rua Floriano Peioto,30 Neves- Rio Janeiro
Horário: 20horas




parte1

parte 02



Biografia

Zélio nasceu em família tradicional de Neves, distrito de São Gonçalo. Em fins de 1908, então com dezessete anos de idade, Zélio preparava-se para o ingresso na carreira militar, na Marinha do Brasil, quando foi acometido por uma inexplicável paralisia, que os médicos não conseguiam debelar. Certo dia, ergueu-se no leito, declarando "Amanhã estarei curado!".
No dia seguinte, de fato, levantou-se normalmente e voltou a caminhar, como se nada lhe houvesse acontecido: os médicos não souberam explicar o ocorrido. Os seus tios, padres da Igreja Católica, surpreendidos, também não souberam explicar o fenômeno. Um amigo da família, então, sugeriu uma visita à Federação Espírita do Estado do Rio de Janeiro (então sediada em Niterói), presidida, na ocasião, por José de Souza.
Na ocasião, manifestou-se por intermédio de Zélio a entidade que se denominou Caboclo das Sete Encruzilhadas, que anunciou a fundação de uma nova religião no Brasil, a Umbanda. Foi fundada, no dia seguinte, em virtude dessa manifestação, a Tenda Espírita Nossa Senhora da Piedade.
A partir de 1918, por orientação da mesma entidade espiritual, Zélio viria a fundar mais sete tendas de Umbanda:
  • Tenda Nossa Senhora da Guia (c. 1918)
  • Tenda Nossa Senhora da Conceição
  • Tenda Santa Bárbara
  • Tenda São Pedro
  • Tenda Oxalá
  • Tenda São Jorge (1935)
  • Tenda São Jerônimo (após 1935)
Aos 55 anos, passou a direção da Tenda Espírita Nossa Senhora da Piedade para as suas filhas Zélia de Moraes Lacerda e Zilméia de Moraes Cunha (já mortas). Feito isso, fundou a Cabana de Pai Antônio, em Cachoeiras de Macacu, no estado do Rio de Janeiro.

     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário